Inscrições

 

PERICIA JUDICIAL DO TRABALHO

 

      ERECHIM - RS

      01 a 03 Dezembro                               

      ABZ

                          Capacitações                                                                            

   

 

 

             FORMAÇÃO

PERITOS JUDICIAIS DO TRABALHO

   
   

ASSISTENTE TÉCNICO EM PERICIA JUDICIAL

   

 

 INSCRIÇÕES   

 

 PRENCHER O FORMULÁRIO ABAIXO - ENVIAR - AGUARDAR CONTATO

 

 
Nome:
E-mail:
Telefone:
CPF: Apenas números
Profissão:
Empresa:
Cidade:
Estado:
   

 



 

EMENTA

 

A QUEM SE DESTINA                                        

TÉCNICOS EM SEGURANÇA DO TRABALHO - ENGENHEIROS DE SEGURANÇA DO TRABALHO - MÉDICOS DO TRABALHO - TECNÓLOGOS EM ST - ENFERMEIROS DO TRABALHO - FISIOTERAPEUTAS - FONOAUDIÓLOGOS

OBJETIVOS

CAPACITAR os profissionais em SST a exercerem as atividades de PERITO JUDICIAL TRABALHISTA e PREVIDENCIÁRIO (Profissionais de curso superior) e ASSISTENTE TÉCNICO EM PERICIA JUDICIAL DO TRABALHO (Profissionais de nível médio)

ÁREAS DE ATUAÇÃO

JUSTIÇA DO TRABALHO - Nas Ações na JUSTIÇA DO TRABALHO envolvendo INSALUBRIDADE - PERICULOSIDADE - INDENIZAÇÕES por Acidente ou Doença do Trabalho

JUSTIÇA FEDERAL PREVIDENCIÁRIA: Nas ações envolvendo o INSS com pedidos de APOSENTADORIA ESPECIAL - AÇÕES REGRESSIVAS - NTEP

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MÓDULO I - PROCESSO DO TRABALHO - NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

O PROCESSO DO TRABALHO

AS PARTES NO PROCESSO              

Juiz - Empregado - Empresa - Advogados - Perito - Assistentes

OS PROCEDIMENTOS no PROCESSO TRABALHISTA:

A Audiência Trabalhista - Nomeação do Perito - Prazo para Quesitos e apresentação dos Assistentes Técnicos

O PERITO

Quem pode ser perito - habilitação - Qualificação - Remuneração - Impedimentos - Suspeição - obrigações - Responsabilidades

OS ASSISTENTES TÉCNICOS

Quem pode ser Assistente Técnico - Importância do Assistente - Atividades do Assistente: As Prerrogativas dos Assistentes -  Elaboração dos quesitos técnicos - Acompanhamento das Diligências - Elaboração de Relatórios Técnicos - Elaboração do Parecer Técnico - Impugnação de Laudo

QUESITOS TÉCNICOS

Conceito - Objetivos - Tipos - Momento da Elaboração - Quem elabora -  Respostas do Perito

DILIGÊNCIAS PERICIAIS

Conceito - momento - Acesso ao local -  Quem tem o direito de participar - Prerrogativas do Perito - Prerrogativas dos Assistentes Técnicos - Relacionamento do Perito com os assistentes técnicos - Limites na atuação do Perito

LAUDO TÉCNICO PERICIAL

Conteúdo - Artigo 473 do novo CPC - Metodologia de Elaboração - Partes do Laudo Pericial - Modelos de Laudo Pericial - Respostas aos Quesitos - Conclusão do Laudo

IMPUGNAÇÃO DO LAUDO PERICIAL

Conceito - Previsão Legal - Momento da Impugnação - Quem elabora a impugnação - Respostas do Perito - Designação de nova perícia

 MÓDULO II - HIGIENE OCUPACIONAL: PRINCÍPIOS DE HO - QUESITOS TÉCNICOS - LAUDO PERICIAL

Estudo dos PRINCÍPIOS - CONCEITOS - GERAIS DE HIGIENE OCUPACIONAL e PERICULOSIDADE aplicáveis na elaboração dos QUESITOS TÉCNICOS e nas DILIGÊNCIAS PERICIAIS

ANEXOS DA NR-15:

DOSIMETRIA DE RUÍDO - CALOR - VIBRAÇÃO

Estudo dos Conceitos - Metodologias NR-15 - NHO FUNDACENTRO - para a elaboração de Quesitos Técnicos e Diligências Periciais

COLETA DE AGENTES QUÍMICOS:

METODOLOGIA - AGENTES QUÍMICOS ANEXO 11 - NR -15

ANÁLISES QUALITATIVAS:

FRIO - UMIDADE - RADIAÇÕES NÃO IONIZANTES - RISCOS BIOLÓGICOS 

ANEXOS DA NR-16:

EXPOSIÇÃO A INFLAMÁVEIS - EXPOSIÇÃO A ELETRICIDADE - EXPLOSIVOS -  

 MÓDULO III - PRÁTICA - DOCUMENTAÇÃO:

ELABORAÇÃO DE QUESITOS TÉCNICOS -  ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS TÉCNICOS  - ELABORAÇÃO DE PARECER TÉCNICO -  IMPUGNAÇÃO DE LAUDO PERICIAL

MATERIAL DIDÁTICO

 

 

ROTEIRO DE AULAS - Material para o acompanhamento de todos os assuntos abordados pelo instrutor

ARQUIVOS  DIGITAIS - Mais de uma centena de arquivos digitais:Apostilas - Modelos de Laudos - Modelos de Quesitos - Atas de audiência -  em  pdf - excell - word - filmes - A disposição dos participantes no primeiro dia de curso

INSTRUTOR 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

         

ODEMIRO J B FARIAS - ZECA BERBES - 

Advogado Trabalhista - Especializado em Perícia Judicial do TRabalho e Previdenciária.
 
Especialista em Direito Previdenciário
 
Consultor técnico em assuntos de Segurança e Higiene do Trabalho.
 
Coordenador e Professor de Curso de Formação de Técnicos em Segurança do Trabalho
 
Palestrante - Gestor em SST - Instrutor de Curso para formação de Perito Judicial do Trabalho.
 
Autor dos livros:  Manual de Perícia Judicial - A produção da Prova Técnica Pericial - Gestão em SST.
 
Profisisonal com mais de vinte e cinco anos de experiência em Direito do Trabalho - Perícia Judicial - Gestão em SST.
 

LOCAL 

 

 ABZ CAPACITAÇÕES

  CONTATO - (55) 9.9112-8270 - E-mail: abzcapacitacoes@gmail.com

HORÁRIO

Das 08:30 as 17:30

INVESTIMENTO

 

 

 

 

 

VALORES E DESCONTOS

INVESTIMENTO R$ 800,00

INSCRIÇÃO ANTECIPADA 20% desconto 

Telefone para contato (55) 9.9112-8270

E-mail: abzcapacitacoes@gmail.com

 

INFORMAÇÕES

 

 

Telefone para contato (55) 9.9112-8270

E-mail: abzcapacitacoes@gmail.com

INSCRIÇÕES

 

 

PREENCHA O FORMULARIO E ENVIE - VOCÊ RECEBERÁ EMAIL PARA O PROSEGUIMENTO DA INSCRIÇÃO

 
Nome:
E-mail:
Telefone:
CPF: Apenas números
Profissão:
Empresa:
Cidade:
Estado:
   

 




 

 

IMAGENS

 

 

 

 

 

 

VEJA ALGUMAS IMAGENS - VÍDEOS - DO CURSO - DEPOIMENTO ALUNOS - AULAS

 

      

     CURSO GOIÂNIA 2016                                                   DEPOIMENTO PARTICIPANTE GOIANIA

                   

   

   OUTROS DEPOIMENTOS CURSO EM GOIÂNIA 2016

 

   AULAS HO  

    

 

                   FRIO                       CALOR          AGENTES QUÍMICOS   DOSIMETRIA RUÍDO

AULAS PRÁTICAS NO CURSO  -  ELABORAÇÃO DE LAUDOS

 

        UMIDADE                                                     RUÍDO

 

PERGUNTAS & RESPOSTAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

COMO FAÇO PARA EXERCER A ATIVIDADE DE PERITO: Depois de frequentar o curso você estará capacitado, conhecedor dos fundamentos técnicos e jurídicos para exercer a atividade de perito judicial. No entanto, você deverá procurar a Justiça do Trabalho na sua cidade, a vara do trabalho ou o Fórum do Tribunal da Justiça do Trabalho nas capitais e se informar das exigências para a sua inscrição como Perito Judicial do Trabalho. Dependendo do Estado ou da vara do trabalho nas cidades, as exigências de documentos podem ser diferentes.

 

COMO FAÇO PARA SER ASSISTENTE TÉCNICO: Depois da capacitado você deverá entrar em contato com os profissionais de contabilidade da sua cidade ou região. Os contadores tem o contato com as pequenas e médias empresas que, ocasionalmente, podem estar com a necessidade de um profissional para auxiliar o advogado em uma açãoa trabalhista com pedido de adicional de insalubridade ou periculosidade. Os Escritórios de Advocacia também são bons contatos com as empresas que tem essa necessidade em uma ação trabalhista. E por último o RH das empresas.

 

VOU RECEBER CERTIFICADO COMO PERITO OU COMO ASSISTENTE: Todos os participantes recebem um certificado informando da participação no curso de PERICIA JUDICIAL DO TRABALHO independente da sua profissão.

 

QUANTO GANHA UM PERITO? O Perito pode receber seus honorários do Tribunal da Justiça do Trabalho, quando o empregado não tem o seu direito reconhecido e recebe da empresa quando é reconhecido - julgado procedente - o pedido de adicional de insalubridade ou periculosidade. Os valores pagos pelo Tribunal varia de acordo com o Estado- Região - da sua localização e esse valor pode variar de R$ 700 a 1.500,00 por pericia realizada, dependendo do estado. No caso dos honoríos sucumbenciais, quando a empresa perde a ação, esse valor pode variar de R$ 700 a 5.000,00 dependendo da complexidade do caso.

 

QUANTO GANHA UM ASSISTENTE TÉCNICO: O Assistente Técnico recebe os seus honorários da parte que o contratou - empresa ou empregado - e esse valor pode variar de acordo com a complexidade do caso e o poderio econômico da empresa, variando de um salário mínimo - +- R$ 900,00 até 5.000,00 ou mais. No caso da Assistência para o reclamante - empregado - esse valor é cobrado em um contrato de risco onde o assistente receberá os seus honorários se a ação for julgada procedente e o empregado receber o valor equivalente ao adicional pretendido. Esse valor poderá ser um valor fixado no início ou um percentual do que o empregado recebe.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar